Em junho de 2013, a Solarwinds realizou uma pesquisa de profissionais de TI com base nos EUA e Canadá para determinar os principais desafios com relação ao gerenciamento da complexidade de rede. Agora temos o prazer de anunciar que realizamos uma pesquisa similar dentre mais de 100 profissionais de TI brasileiros.

 

Primeiro, é evidente que a complexidade de rede é um desafio tanto para profissionais de TI brasileiros quanto para seus colegas nos EUA e no Canadá: o Brasil experimentou um crescimento exponencial neste setor, o que significa que esses profissionais tiveram que reforçar seus conhecimentos competitivos.

 

A habilidade mais importante necessária aos profissionais de TI brasileiros hoje foi identificada claramente como a necessidade de ter um entendimento sólido dos negócios de sua empresa. Isto está de acordo com o que nós encontramos nos EUA e no Canadá, onde mais de um quarto dos profissionais de TI indicaram isto como uma habilidade necessária para gerenciar a complexidade de rede. No entanto isto irá mudar nos próximos cinco anos: para profissionais de TI brasileiros, sólidas habilidades em gerenciamento de serviços baseados em nuvem (SaaS) ficarão em primeiro lugar em 2018. A segurança da informação também permanecerá no topo da lista e aplicações móveis e gerenciamento de dispositivos ficarão também em seu radar.

 

É importante destacar que 65 porcento dos profissionais de TI brasileiros sentiram que ter mais ferramentas e software de gerenciamento de rede tornaria suas vidas mais fáceis e 45 porcento indicaram que fortalecer seus recursos de TI existentes é necessário para que ficar o mais preparado possível para as necessidades crescentes da complexidade de rede.

 

Então como se compara isto aos EUA e ao Canadá?

  • Primeiro, parece que até a data, os profissionais de TI dos EUA e do Canadá têm sido ainda mais afetados em seus trabalhos pela complexidade de rede que seus colegas brasileiros: 92 porcento contra 80 porcento no Brasil. Acreditamos que isto indique que os profissionais brasileiros serão afetados progressivamente nos próximos anos.
  • Em segundo lugar, enquanto tecnologias mais inteligentes tais como SDN e BYOD são reconhecidas como os principais motores da complexidade de rede em ambos EUA/Canadá e Brasil, os profissionais de TI norte-americanos também classificaram as questões de segurança como sendo um dos seus principais desafios. A segurança também é uma preocupação altamente classificada por profissionais de TI no Brasil, mas não chegou ao topo dentre as três preocupações principais da nossa pesquisa. Dado que a segurança é projetada por profissionais norte-americanos para tornar-se ainda mais desafiadora nos próximos cinco anos, iremos focar no desenvolvimento desta questão no Brasil também.
  • Finalmente, os profissionais norte-americanos compartilham as preocupações de seus colegas brasileiros sobre a necessidade de suas empresas em fornecerem mais treinamento para gerenciar a complexidade de rede em quase a mesma proporção: 70 porcento nos EUA e Canadá, contra 67 porcento no Brasil.